imagem banner principal

Festival CasaBloco chega à sua 4ª edição em fevereiro

“Oh! Joga água que é de cheiro, confete, serpentina”. É com muita alegria e com o que há de melhor do tradicional carnaval brasileiro que a CasaBloco chega à sua 4ª edição em 2023, trazendo uma rica programação para o público. E, dessa vez, com um dia dedicado aos pequenos foliões com o lançamento da “Casabloquinho” e mostra de cinema no CCBB-RJ. Levando uma explosão de alegria pelos ritmos do Brasil, o público poderá desfrutar de shows, blocos, bailes, oficinas, palestras, feiras de moda e gastronomia vindas do Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Pará e Amazonas. Serão 5 dias de folia (4, 5, 10, 11 e 12 de fevereiro) promovidos pelo projeto no Clube Monte Líbano.

 

Com a temática #MisturandoCarnavais, o projeto representa os detalhes de todos os cantos do Brasil. Da Tropicália ao Cordel, com o Senhor do Bonfim, povos originários, o samba, o brega, a fauna, a flora, os antigos e os novos talentos da MPB. A união de recortes que constroem o Brasil de hoje. Entre os artistas previstos para essa edição estão nomes como Mart’nália, Cacique de Ramos, Geraldo Azevedo, Sidney Magal, Awurê, Baile da Orquestra Imperial com Fernanda Abreu e Gaby Amarantos. Para os amantes dos bloquinhos, Fogo & Paixão, Toca Rauuul!, Céu na Terra, Cordão do Bola Preta e mais prometem agitar o evento que acontece durante o chamado “pré-carnaval” carioca. 

 

Pela primeira vez o festival terá um dia voltado para as crianças, a CasaBloquinho, com a abertura do projeto Carimbaby, responsável pelas atividades, brincadeiras e oficinas infantis inspiradas nas músicas e danças populares da Região Norte (Amapá e Pará), e bailinho dos blocos Cordão da Bola Preta e Céu na Terra, apresentando um repertório que mescla marchinhas clássicas e tradicionais como “Aurora” e “Mamãe eu Quero”, com músicas do universo infantil como “Maracangalha”, “Sorriso de Criança”, “A Mariposa”, “Marinheiro Só” e “Sambalelê”.

 

Para Rita Fernandes, diretora do projeto, a tradição e o espírito do Carnaval vão muito além dos bailes e blocos, estão presentes na união dos ritmos e das culturas. “A CasaBloco é um lugar de encontro e de acolhimento dos ritmos carnavalescos deste Brasil tão diverso. É uma experiência de carnaval muito divertida e completa para os foliões, que começa com a brincadeira de fantasiar – com a nossa feira de moda e maquiagem de purpurina –, até o bailar aos sons dos sambas, afoxés, maracatus, carimbós e ijexás”, define Rita. 

 

“O Carnaval é a nossa maior expressão cultural para o mundo e o Governo do Estado tem feito um trabalho de apoiar todo segmento da economia criativa do setor. A CasaBloco reforça justamente esta vertente de envolver todos os ativos do carnaval, da música até as tradições e saberes da grande festa, em um evento fundamental para o calendário da cultura fluminense”, disse Danielle Barros, secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

 

A edição 2023 da CasaBloco tem patrocínio da Ambev, através da marca Brahma, e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura; e apoio do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro e Governo Federal.

 

PROGRAMAÇÃO – SHOWS

4 de fevereiro de 2023 – Abre Alas: O Baile (sábado) – 20h às 4h

20h – Filhos de Gandhi (RJ)

22h – Sambotica (RJ)

23h30 – Juliana Linhares (RN)

1h – Baile da Orquestra Imperial com Fernanda Abreu e Gaby Amarantos (RJ/PA)

3h – Bloco Quizomba (RJ)

DJ Marcelinho da Lua (RJ)

 

5 de fevereiro de 2023 – Samba & Cia (domingo) – 17h às 1h

18h – Sinfônica Ambulante (RJ)

19h30 – Awurê (RJ)

21h – Mart’nália (RJ)

23h – Cacique de Ramos com Pretinho da Serrinha e part. El Pavuna (RJ)

DJ Doni (RJ)

DJ Cris Panttoja (RJ)

 

10 de fevereiro de 2023 – Sexta Tropicana (sexta) – 21h às 4h30

22h – Bloco Superbacana (RJ)

23h30 – Academia da Berlinda (PE)

1h – Geraldo Azevedo (PE)

3h – Toca Rauuul! (RJ)

DJ Lala K (PE)

 

11 de fevereiro de 2023 – Sou Brega (sábado) – 21h às 4h30

22h – Desliga da Justiça (RJ)

23h30 – Bloco Fogo & Paixão (RJ)

1h – Sidney Magal (RJ)

3h – Bloco Amor & Sacanagem com Aíla + Felipe Cordeiro (PA) + Keila (AM/PA)

DJ Pepe Jordão (PE)

 

12 de fevereiro de 2023 – CasaBloquinho (domingo) – 15h às 21h

a partir das 15h – Oficinas e brincadeiras infantis com Carimbaby (PA/AP)

16h – Céu na Terra (RJ)

18h30 – Cordão da Bola Preta (RJ)

DJ convidado

 

FEIRA DA ECONOMIA CRIATIVA DO CARNAVAL

A Feira de moda carnavalesca, batizada de “A Rua é Nossa!”, é uma parceria com o Instituto Black Bom e apresentará fantasias, adereços, acessórios e produtos para todos os perfis de foliões. Entre as marcas confirmadas estão: Fundanga, Figurino Carioca, Serena Acessórios, Tampa Coco Chapelaria e Varal da Vall. 

 

“A RUA é nossa!” reflete o grito da Cultura Popular e da criatividade que pulsa e transborda dela, numa seleção de marcas e criadores que trazem em suas peças a diversidade, a originalidade e alegria das ruas no Carnaval. Em tempos de conflitos políticos, éticos e globais, os temas sérios e polêmicos se transformam em sátiras divertidas nas fantasias e adereços que destacam o brilho, as formas, as cores e a personalidade dessa expressão cultural tão importante pro Brasil, que é o Carnaval. 

 

“Nesse primeiro carnaval livre das incertezas do período pandêmico, estamos de volta nessa parceria do Instituto Black Bom com a Casa Bloco, que desde a sua primeira edição em 2018, carrega a legitimidade dos movimentos de RUA na curadoria das marcas com opções de fantasias, adereços, acessórios, gastronomia de Rua e produtos para todos os perfis de foliões!” completa Sami Brasil, curadora da feira.

 

Serão 36 empreendedores de todo o estado do Rio de Janeiro, promovendo impacto social e econômico. Dos participantes 80% são pretos e pardos, 81% são mulheres, 75% empreendem há mais de cinco anos, 61% têm filhos e 71% têm o seu empreendimento como a principal fonte de renda da casa. A feira “A RUA é nossa!” funcionará em todos os dias de CasaBloco, no Clube Monte Líbano, nos seguintes horários: 4 de fevereiro, de 20h às 2h; 5 de fevereiro, 17h às 00h; 10 de fevereiro, 21h às 3h; 11 de fevereiro, 21h às 3h; e 12 de fevereiro, 15h às 21h.

 

OFICINAS GRATUITAS NO CCBB

Buscando contemplar a tradição do Carnaval em todas as suas vertentes, a CasaBloco irá promover oficinas para transmitir saberes populares das diversas culturas, fazeres e moda carnavalesca. Voltada para o público em geral, as oficinas serão facilitadas por profissionais do ramo, com dicas e técnicas para os foliões que para além de curtir, também querem colocar a mão na massa na preparação do seu carnaval. 

 

As aulas serão ministradas nos dias 3 e 10 de fevereiro nos turnos da manhã e tarde, no CCBB, e serão totalmente gratuitas. As inscrições podem ser feitas pelo site da CasaBloco, com vagas limitadas de até 30 alunos por oficina. 

 

Dia 03 de fevereiro (sexta)

  • Oficina de Make para carnaval com Amanda Britto (10h)

Oficina de maquiagem inspirada nas tendências dos blocos de rua, com muito glitter e pedrarias, com técnicas e truques para a aplicação deste tipo de make, seja para brilhar no carnaval ou o ano inteiro. Amanda Britto é designer gráfico e de produto, criadora de conteúdo há mais de 12 anos. Desde 2016 compartilha conteúdos de carnaval nas redes sociais como tutoriais de make, acessórios e adereços, construindo uma comunidade de seguidores apaixonados pelo carnaval de rua. 

 

  • Oficina de Brincos Carnavalescos com Clebson Prates (14h)

De uma forma prática e com poucos materiais, o curso tem como intuito criar brincos e ear cuffs carnavalescos com sobras de materiais, aviamentos e fitas, numa aula rápida e dinâmica. Um convite para se fantasiar, usando a criatividade e a imaginação. Clebson Prates é carnavalesco, arte-educador, professor de criação carnavalesca e história, aderecista, figurinista, cenógrafo, diretor e produtor artístico. Trabalha com arte carnavalesca desde 1991 como aderecista, passando por escolas como Unidos da Ponte, Unidos da Tijuca, Acadêmicos da Rocinha, Paraíso do Tuiuti, Mangueira e Salgueiro. Como carnavalesco passou pelas escolas Unidos do Cabuçu, Pimpolhos da Grande Rio e Mangueira do Amanhã e como professor em oficinas de adereços na ONG Favela Mundo, Pimpolhos da Grande Rio e Museu Bispo do Rosário.

 

  • Oficina de Customização de Camisetas e Jeans com Alexandra Pires (16h)

Oficina de customização de camisetas e jeans. A intenção é ensinar o reaproveitamento de peças e transformá-las em algo diferente, com novo uso nesse carnaval. A oficina ensinará modelos de customização destroyed e cortes com aplicação de fitas, patches, renda, paetês, micro espelhos, plumas, flores e muitos outros acessórios em camisetas e jeans que vão deixar suas peças coloridas, estilosas e sustentáveis para a folia. O participante deve levar sua peça. Alexandra Pires é professora com formação em Biologia, apaixonada pela arte sustentável. Desde a infância desenvolveu habilidades de customização, reaproveitando peças antigas e criando sua própria marca de moda sustentável. Criadora da AleBiodesign, produz acessórios e vestuário a partir de reaproveitamento de jeans e outros materiais. 

 

Dia 10 de fevereiro (sexta)

  • Oficina de Estandartes com Junior Alves (10h)

A Oficina de confecção de estandartes convida o participante a uma viagem lúdica no imaginário popular brasileiro, utilizando técnicas e materiais diversos para mergulhar na sua própria criatividade, inspiração e ludicidade, tão presentes na cultura popular brasileira. Junior Alves é artesão e figurinista da cultura popular brasileira. Natural de Olinda-Pe, expressa na sua arte toda a fé, sincretismo e manifestações populares do Brasil,com imagens, estandartes, figurinos e adereços que têm o Carnaval e o São João como principais inspirações. 

 

  • Oficina de Adereço de Cabeça com Vall Neves (14h)

Oficina de adereço de cabeça inspirada no carnaval carioca que vai do glamour dos bailes aos blocos de rua. O participante aprenderá a confeccionar o seu próprio adereço com penas, rosas, fitas e outros materiais com técnicas rápidas e práticas. Vall Neves é Designer de joias Afro-futuristas e adereços. Proprietária da marca ‘Varal da Vall’, atua há 15 anos como criadora, desenvolvendo peças exclusivas inspiradas na cultura do gueto carioca, destacando a beleza que existe em cada pessoa, e a auto estima de todos os gêneros. 

 

  • Oficina de Penteados para carnaval com Jully Souza (16h)

Workshop prático de penteados com dicas e segredos para incentivar a autonomia e a criatividade nas formas, cores e texturas para arrasar no carnaval. O participante irá aprender quais os materiais e truques utilizados, como fazer e ousar nos penteados mais queridinhos da folia e quais as principais tendências e novidades para fazer a sua cabeça nesse carnaval. Jully Souza é proprietária do espaço de Beleza Zene desde 2017. Produtora de conteúdo sobre afroempreendedorismo e beleza, seu trabalho como Trancista de impacto é fortalecer a identidade e autoestima das pessoas através dessa arte.

 

PALESTRAS CASABLOCO NO CCBB

  • Dia 3/02 – sexta-feira – 17h

Do folclore ao metaverso – o processo criativo no carnaval

Com Milton Cunha (carnavalesco e apresentador) e Leonardo Bruno (jornalista e roteirista)

O carnavalesco Milton Cunha e o jornalista Leonardo Bruno conversam sobre as mudanças que foram ocorrendo ao longo dos anos na construção e desenvolvimento dos enredos das escolas de samba ao longo dos anos. Já foram temas nacionalistas, folclóricos, datas comemorativas, celebração de personalidades importantes do país e agora chegamos à era dos temas engajados nas lutas das minorias e também do metaverso. O que vem daqui para frente?

 

  • Dia 10/02 – sexta-feira – 17h

Criatividade, produção e trabalho – a economia criativa do carnaval

Com Annik Salmon (carnavalesca da Mangueira), João Vítor (carnavalesco da Paraíso do Tuiuti) e Fábio Fabato (jornalista)

Nos barracos, longe dos olhos do público, os profissionais do carnaval trabalham o ano inteiro. São múltiplas as atividades e os profissionais envolvidos na construção dos enredos dos desfiles das escolas. Quem são essas pessoas, como o ciclo de trabalho acontece, qual o tamanho e o impacto dessa cadeia produtiva que talvez seja uma das mais importantes da cidade. Além disso, cada vez mais mulheres ocupam papel de comando e destaque num mercado originalmente muito machista. Como foi se dando o processo de mudança.

 

“PRIMEIRA MOSTRA DE CINEMA CASABLOCO” NO CCBB

Uma grande novidade da quarta edição do Festival CasaBloco é a mostra de cinema com temática de carnaval. A exibição acontecerá nos dias 3, 4, 10 e 11 de fevereiro, no CCBB. São 14 filmes selecionados, entre curtas e longas, que contam a história de blocos tradicionais da cidade, personalidades do samba e do universo carnavalesco. Entre os destaques estão “Suvaco – 20 anos”, direção de Paola Vieira, documentário que conta a história do bloco Suvaco do Cristo; “Lira do Delírio”, direção de Walter Lima Júnior; “Memória em Verde e Rosa”, direção de Pedro von Krüger; e “Damas do Samba”, direção de Susanna Lira.

O PROJETO

A CasaBloco foi pensada como um lugar para reunir a multiplicidade de manifestações e a diversidade de grupos e ritmos que fazem parte do carnaval brasileiro. Blocos e artistas de diferentes regiões do país se juntam aos representantes da folia fluminense em uma grande festa que celebra a potência do universo artístico e cultural do carnaval. Além da diversidade de linguagens, a CasaBloco vai destacar a cadeia produtiva do carnaval, da concepção à realização, e empregará mais de 1 mil pessoas no período que contempla a pré-produção, realização e pós-produção. 

 

A cenografia traz elementos da Tropicália, multicolorida e brilhante, exaltando as belezas naturais do Brasil, e foi criada especialmente para proporcionar um clima festivo e aconchegante. O folião ao entrar no salão será recepcionado com grandes flores e folhas em pêndulo no teto que criam uma atmosfera de floresta, além de espaços para fotos e lounge de convivência.

 

“O Rio de Janeiro, berço do carnaval de rua, desde os tempos da Colônia, foi o primeiro a ganhar dimensão nacional, se tornando referência para grandes capitais como São Paulo, Salvador e Recife, reafirmando um protagonismo irrefutável e seguindo como um exemplo de carnaval democrático e diverso do seu carnaval. A CasaBloco surgiu, em 2018, para reafirmar a importância da diversidade e da democratização do acesso a diferentes linguagens, multiplicando o conceito de que carnaval é de todos e para todos”, conclui Rita. 

 

A CasaBloco tem parceria com o MUCA – Movimento Unido dos Camelôs, fundado em 2003 para a organização dos trabalhadores ambulantes e defesa de camelôs. Todos os alimentos doados através da “meia-entrada solidária” serão revertidos para o MUCA.

 

SERVIÇO

CasaBloco 2023

Local Oficinas, Mostra de Cinema e Palestras: CCBB – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

Inscrições: Gratuito

Local Shows e Feira “A Rua é Nossa!”: Clube Monte Líbano – Av. Borges de Medeiros, 701 – Lagoa, Rio de Janeiro – RJ

Classificação etária: 18 anos

Ingressos: Ingresse

Realização: Tess

Programação

Conheça a programação de 2023 da CasaBloco

clique aqui
imagem programacao